«

»

abr 28

Shampoo Bomba faz os cabelos crescerem mais rápido?

O shampoo bomba é chamado também pelo nome de shampoo de cavalo por conter um ingrediente um tanto quanto curioso: Monovin A, uma vitamina de uso veterinário para cavalos. “Não acho prudente as pessoas acharem fórmulas ‘milagrosas’ e irem aplicando na pele ou cabelo, pois podem causar irritação e até mesmo uma alergia. É comum em consultórios dermatológicos aparecerem pessoas que fizeram aplicações de produtos com misturas ‘salvadoras’ e acabam tendo todos os cabelos quebrados. Estes danos levam meses para melhorar e retornar ao aspecto normal”, declarou a dermatologista Silvia de Mello, do Núcleo de Saúde e Beleza da Clínica Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro.

Ainda segundo a dermatologista, não há comprovação de que essa mistura “mágica” possa realmente fazer os cabelos crescerem.

shampoo-bomba-crescimento-de-cabelo-cresce-ate-6cm-mes-287411-MLB20551834014_012016-O

Monovin A, para que serve?

Karla Assed, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explicou o que é e para que realmente serve esse Monovin A. Segundo ela, trata-se de um complexo vitamínico usado por veterinários para o crescimento da crina do cavalo – esta 10 vezes mais resistente que os fios de cabelo humanos. A dermatologista afirmou ainda que quando provocado diretamente no couro cabeludo, o produto pode provocar também uma queda drástica nos fios, desde a raiz.

Bepantol

O bepantol, também usado nessa receita, é, ao contrário do monovin, indicado sim para os cabelos. Ajuda a hidratar os fios. “Mas nada de usá-lo com shampoo seco. O melhor é aplica-lo na hora de passar o condicionador, colocando uma tampinha do Bepantol na mão, misturando com um pouco de condicionador, deixando agir nos fios entre 5 a 10 minutos e enxaguando em seguida. Esse procedimento pode ser repetido todas as vezes que você lavar o cabelo”, afirmou a dermatologista.

Quais são os riscos de usar essa receita de shampoo bomba?

Monovin A, segundo a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – não tem registro liberado para uso humano, e, inclusive, na embalagem do produto lê-se que o uso em seres humanos pode causar sérios problemas à saúde.

Pode haver ainda mais complicações, além da quebra e queda dos fios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>